jusbrasil.com.br
17 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Paraná TJ-PR - Apelação Cível: AC 2150196 PR Apelação Cível - 0215019-6

Tribunal de Justiça do Paraná
há 19 anos
Detalhes da Jurisprudência
Processo
AC 2150196 PR Apelação Cível - 0215019-6
Órgão Julgador
Nona Câmara Cível (extinto TA)
Publicação
22/11/2002 DJ: 6255
Julgamento
8 de Novembro de 2002
Relator
Luiz Antônio Barry
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

COBRANÇA - COTAS CONDOMINIAIS - ILEGITIMIDADE PASSIVA "AD CAUSAM" - CESSÃO DE DIREITOS ANTE FORMAL DE PARTILHA EM AÇÃO DE SEPARAÇÃO JUDICIAL - INOCORRÊNCIA - DOCUMENTO NÃO AUTENTICADO NÃO COMPROVA A PROPALADA PARTILHA - FORMAL DE PARTILHA NÃO LEVADO A REGISTRO NÃO POSSUI EFICÁCIA ERGA OMNES - DIREITO PESSOAL ENTRE AS PARTES, NÃO OPONÍVEL A TERCEIROS - SENTENÇA CONFIRMADA - APELAÇÃO DESPROVIDA.

1. A alegada ilegitimidade passiva "ad causam" não prevalece ante a propalada existência de formal de partilha não levado a registro, para ter validade erga omnes.
2. Partilha efetivada e não levada a registro gera unicamente direito pessoal entre as partes, não sendo oponível contra terceiros.
Disponível em: https://tj-pr.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/4625683/apelacao-civel-ac-2150196

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça de São Paulo
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Agravo de Instrumento: AI 2125767-53.2019.8.26.0000 SP 2125767-53.2019.8.26.0000

Blog Mariana Gonçalves, Advogado
Artigoshá 4 anos

O que é averbação na matrícula de um imóvel e qual é a sua importância?

Tribunal Regional Federal da 4ª Região
Jurisprudênciahá 10 anos

Tribunal Regional Federal da 4ª Região TRF-4 - AGRAVO DE INSTRUMENTO: AG 5011966-37.2011.4.04.0000 5011966-37.2011.4.04.0000